Like us on Facebook

Wednesday, August 5, 2009

Solidão/Loneliness


Solidão e como ela nos faz agir como tolos. Também nos faz andar léguas e estar sempre no mesmo lugar. Incrível. Considere, por exemplo, as casas noturnas de nossa cidade todas cheias de almas à busca de algo, que não acham, mas teimosas cutucam até sair. Qualquer coisa. Os corpos falando, digo, implorando com sua linguagem inexorável, a atenção que não vem. Tirana atenção. Não sabemos que ela já tem endereço? Claro, vai a quem tem menos de quarenta anos. Não perceberam? Já percebi que ao chegarmos aos quarenta, nos tornamos invisíveis. Adereços encostados nas paredes. O quadro O Grito de Edvard Munch ilustra tudo fielmente. Relegados ao museu.

Loneliness makes you stupid. Also, it makes you walk for miles and never move an inch. Amazing. Consider night-life in my hometown. Bars packed to the rafters with souls in search of whatever, that cannot be found, but stubbornly they trudge on. They will keep on knocking until whatever answers. Bodies talking, rather, begging with their unflinching language, the attention that will not come. Attention is a bitch. Do we not know it is spoken for? Surely, it will go to the under forties. Haven’t you noticed? I have. When you reach your forties you become invisible. Mere wall paintings. The Scream by Edvard Munch says it better. Museum bound.

No comments:

Post a Comment